Crescimento do mercado para hospitalidade não convencional chegou a aumentar impressionantes 700% em alguns destinos internacionais durante a Pandemia.

Nos últimos meses, um termo há muito tempo criado pela indústria do turismo – “turismo de isolamento” – passou a ser largamente usado pela imprensa, blogs e influenciadores. Afinal, a pandemia nos trouxe a necessidade de seguir mantendo o máximo possível de isolamento e distanciamento social mesmo nas escapadas que viajantes possam fazer enquanto não houver uma vacina para a Covid-19.

Essa tendência tem mexido com as buscas em sites especializados em aluguel de imóveis de temporada, setor que cresceu muito durante a Pandemia. Em alguns destinos internacionais o crescimento do mercado para hospitalidade não convencional chegou a aumentar impressionantes 700% durante o período.

Cresce O Mercado Para Hospitalidade Não Convencional

Com ou sem Pandemia, especialistas acreditam que estas mudanças deverão continuar em voga também em 2021 e devem se tornar permanentes. Preocupações com segurança, higiene, compartilhamento de espaços, são alguns dos fatores que determinam a preferência de muitos viajantes por destinos e opções de acomodação com menos possibilidade de contato com outras pessoas.

Desde 2017, o mercado do turismo de luxo começou a apostar no isolamento como uma importante tendência de comportamento de seus viajantes. Hoje, enquanto o futuro das viagens segue uma incógnita em razão da Pandemia, especialistas acreditam que a busca por destinos remotos, nos quais o distanciamento social é uma escolha e não um esforço, devem ganhar ainda mais força enquanto as pessoas evitam o contato com outros viajantes.

Turismo de isolamento

O turismo de isolamento vem sendo apontado como uma oportunidade de “mudança de ares”, principalmente para indivíduos ou grupos/famílias que estão isolados juntos durante a quarentena.  A tendência é que cada vez mais pessoas apostem num formato de viagem doméstica, com cara de ‘escapadas’, em locais que sejam perto de suas casas, dizem especialistas.  Mudar de cenário, arejar os pensamentos e recalibrar as energias, zelando pela segurança dos seus e sem deixar de respeitar o necessário distanciamento social, é a nova tendência.

Muita gente está começando a fazer esse movimento, não exatamente por férias ou para curtir um determinado destino em si, mas sim para mudar seu endereço de isolamento. É o caso de trabalhadores em Home Office que preferem, ao invés de continuarem isoladas em sua própria casa, alugar imóveis por longos períodos para seguirem trabalhando em quarentena,  mas em outro lugar.

Foto: Casa para aluguel de temporada em Búzios (Airbnb)

Por Niete Martinez

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s