Voz do Brasil tem novo formato

Voz do Brasil terá novo formato a partir de segunda (31)
Voz do Brasil terá novo formato a partir de segunda (31)

Voz do Brasil terá novo formato a partir de segunda (31)

Ouvintes poderão tirar dúvidas sobre programas sociais e sobre o trabalho do presidente da República e ministros

A partir da próxima segunda-feira (31), o programa de rádio mais antigo do país, A Voz do Brasil, ficará mais interativo e próximo do cidadão. O novo formato contará com novos quadros, com prestação de serviços e diálogo com os ouvintes.

A ideia é oferecer um programa que lembre menos o formato solene e distante de décadas anteriores e tenha uma linguagem mais descontraída, mais próxima do cidadão. O programa contará com novos apresentadores, Airton Medeiros e Gláucia Gomes. “A ideia da nova Voz do Brasil é aproximar o cidadão, trazê-lo para perto da notícia, da informação. Fazer com que o cidadão interaja com o que fazemos aqui na EBC. A gente não pode estar distante”, diz Gláucia.

Os ouvintes poderão tirar suas dúvidas sobre programas sociais, sobre o trabalho do presidente da República e ministros, além de pedir informações sobre como tirar documentos, por exemplo, e fazer perguntas a integrantes do Poder Executivo.

Veiculado diariamente (exceto aos sábados, domingos e feriados) das 19h às 20h, os primeiros 25 minutos são dedicados às notícias sobre o Poder Executivo. As mudanças da nova Voz do Brasil se darão nessa primeira parte do programa. A produção dos outros 35 minutos é de responsabilidade dos Poderes Legislativo e Judiciário.

História

Produzida há 78 anos, a Voz do Brasil é o programa de rádio mais antigo do país e do Hemisfério Sul ainda em execução. Começou em 1938, na época do Estado Novo, da era Vargas. O programa nasceu com o objetivo de fazer propaganda do Estado Novo e se chamava A Hora do Brasil. Nessa época, a veiculação já era obrigatória nas rádios, com o horário fixo das 19h às 20h, no horário de Brasília.

O nome A Voz do Brasil foi adotado a partir de 1971. Ao longo dos anos, passou por reformulações. Em 1998, por exemplo, foi incluída uma voz feminina na locução. A Voz do Brasilal cança hoje cerca de 60 milhões de brasileiros e é transmitida em todas as emissoras de rádio do país.
Agência Brasil
{loadposition facebook}

COMPARTILHAR