Trevo de Manilha, em Itaboraí, terá obras de 14 a 18 de dezembro

Trevo de Manilha, em Itaboraí, terá obras de 14 a 18 de dezembro
Trevo de Manilha, em Itaboraí, terá obras de 14 a 18 de dezembro

Trevo de Manilha, em Itaboraí, terá obras de 14 a 18 de dezembro 

Intervenções visam eliminar os conflitos de entrelaçamentos de veículos, além de garantir mais segurança aos usuários e fluidez na BR-101

A partir da próxima segunda-feira (14/12), a Autopista Fluminense, concessionária da estrada,  inicia uma série de intervenções no viário do Trevo de Manilha, localizado no km 297 da BR-101 RJ/Norte, em Itaboraí. O projeto, aprovado pela Agência Nacional de Transporte Terrestres (ANTT), atende uma solicitação da 2ª Delegacia da Polícia Rodoviária Federal e conta com a anuência da Secretaria de Transportes de Itaboraí.

As intervenções estão programadas para acontecer durante toda a semana, até o dia 18 de dezembro, com equipes trabalhando em dois períodos – diurno e noturno – e começarão pela pista sentido Niterói. 

{loadposition tague}

Um novo conjunto de sinalização vertical (placas), aérea (pórticos) e horizontal (pintura de faixas) será implantado pela Autopista Fluminense. O trevo de Manilha também vai receber linhas de defensas metálicas no entroncamento entre a BR-101 e a BR-493, na pista sentido Niterói, e a BR-101 e a RJ-104, na pista sentido Espírito Santo, evitando assim o entrelaçamento de veículos existente e os acidentes de baixa periculosidade na região, que ocasionam interrupções temporárias de faixas de rolamento para atendimento às ocorrências. Esse bloqueio já é utilizado com sucesso durante as operações especiais de feriado na pista sentido Espírito Santo.

Com essa nova configuração no viário do Trevo de Manilha, para acessar e sair da BR-101 RJ/Norte, os motoristas terão como alternativa as duas novas alças construídas em fevereiro deste ano, além dos acessos no km 293 e km 294 para a Rua Lateral, na pista sentido Niteroi.

Os locais estarão sinalizados e contarão com apoio de viaturas operacionais. A Concessionária orienta aos usuários que redobrem a atenção, especialmente nos locais onde acontecem as intervenções, sujeitos à lentidão. 

AF

{loadposition facebook}

COMPARTILHAR