Ministro reclama: está todo mundo contra o PT

“Temos que combater esse ambiente que está sendo criado para que o Brasil volte àquilo que sempre foi sua tradição: convivência democrática com a diversidade de pensamento e de expressão, de opções”, destacou Edinho Silva.

Que papo besta ministro. 12 horas antes, no domingo 16/08, o governo tratou os protestos como fatos naturais de um regime democrático e avaliou que as manifestações ocorreram “dentro da normalidade democrática”.

O ministro, na segunda-feira 17/08, falou em nome do governo ou o que lhe veio à cabeça, com essa contradição? Teríamos, então, um ministro que não tolera a diversidade de pensamento e de expressão? Até parece George Bush, quando disse, “Quem não está conosco é nosso inimigo”. Que papo é esse? Quer dizer, então, que quem é contra a ideologia do PT é intolerante?

Estaria o ministro dizendo, em nome do PT, “Vocês têm que me engolir?”. Que história é essa?

Onde foi que o ministro viu intolerância com a diversidade religiosa, cultural, regional e política no protesto no domingo? Se o ministro viu, mostre algum cartaz, coloque no ar a gravação ou o vídeo de alguma declaração que comprove essa intolerância.

Agora, se um truculento dirigente da CUT nos ameaça de ir para a rua, de arma na mão, caso a presidenta Dilma seja apeada do governo via um processo legal de impeachment ou via uma cassação legal pelo TSE, está tudo bem?

Para o ministro, a suposta intolerância não ocorre apenas por parte da oposição com o governo, mas também por parte dos partidos que integram a base aliada.

Só faltaram as lágrimas, gritando, “Está todo mundo contra o PT”.

Coitadinho do PT.

Ernesto Lindgren
CIDADE ONLINE
17/08/2015

COMPARTILHAR