Produtos da agroindústria familiar do Rio estão na 56ª Feira da Providência

Produtos da agroindústria familiar do Rio estão na 56ª Feira da Providência
Produtos da agroindústria familiar do Rio estão na 56ª Feira da Providência

Produtos da agroindústria familiar do Rio estão na 56ª Feira da Providência

Evento que vai até o dia 4, no Riocentro, é uma oportunidade para consumidores conhecerem a agricultura familiar fluminense

Um dos destaques da já tradicional Feira da Providência é a presença das agroindústrias de várias partes do Rio de Janeiro. Na edição deste ano, que começou nesta quarta-feira (30/11) e vai até domingo (4/12), no pavilhão 3 do Riocentro, mais de 20 agricultores familiares fluminenses vão apresentar queijos, cafés, cachaças, geleias, conservas e doces produzidos a partir de técnicas sustentáveis.

Os produtores são beneficiários dos programas Rio Rural e Prosperar, da Secretaria estadual de Agricultura, que incentivam a produção familiar fluminense com o objetivo de garantir a renda e qualidade de vida aos agricultores.

Segundo o coordenador do Prosperar, o engenheiro agrônomo Jairo da Silva, a participação dos produtores em feiras também é uma oportunidade para fazer contatos com revendedores, ao colocar em evidência a qualidade dos alimentos produzidos. “Além de proporcionar a venda direta, a feira também permite a abertura de novos mercados e parcerias”, destaca.

Esse é o caso da agroindústria familiar Sítios do Morangos (Doçuras da Suely), de Nova Friburgo, que vai participar pela segunda vez do evento. Segundo o produtor Fernando Hottz, a participação na feira em 2015 deu grande visibilidade às geleias de morango que produz. A família dele está no segmento de produção de morango há mais de 60 anos, e recebeu recursos do Rio Rural para utilizar técnicas mais sustentáveis, como o cultivo protegido em estufas.

“Ano passado, vendemos pouco mais de R$ 5 mil em geleias e fizemos vários contatos com proprietários de lojas e delicatessens que hoje estão vendendo nossos produtos para os cariocas. Para este ano, além das geleias, vamos levar também os próprios morangos e bombons que produzimos”, conta o agricultor.

A expectativa da organização da 56ª Feira da Providência é atrair cerca de 100 mil pessoas nos cinco dias de evento, que vai contar com 200 expositores de artesanato e produtos típicos de 23 países e 14 estados brasileiros, além de comidas típicas, artigos para casa e decoração, moda, beleza, saúde e bem-estar. O ingresso vai custar R$ 18,00 e os lucros são direcionados ao Banco da Providência, que promove projetos sociais de geração de renda em 60 comunidades da capital fluminense.

Serviço:
56ª Feira da Providência
Local: Riocentro, pavilhão 3 (Av. Salvador Allende, 6.555 – Barra da Tijuca)
Data: 30/11 a 04/12 – Horário: 12h às 23h

{loadposition facebook}

COMPARTILHAR