Produtores realizam colheita do feijão em Casimiro de Abreu

O feijão foi uma das culturas que mais cresceu em Casimiro de Abreu nos últimos anos. Em 2012, a produção foi de seis mil quilos, sendo a maior parte para o consumo próprio.

Em 2013, depois que a prefeitura adquiriu uma batedeira de grãos, recuperou as estradas vicinais e viabilizou a venda da produção, a colheita subiu para 23 mil quilos. Em 2014, a produção dobrou, chegando a quase 50 mil quilos do grão. Já neste ano, motivados pelos incentivos oferecidos, a expectativa é de uma colheita ainda melhor.

Joel da Silva Navega foi um dos produtores que acreditou e investiu no plantio do feijão. Em maio, ele semeou uma área de cerca de dois hectares, e nessa semana colheu 30 sacos de 50 kg. “Plantava feijão apenas para o nosso consumo. Mas o grão dá um retorno maior e mais rápido, além de adubar e deixar o solo descansar”, ressaltou.

De acordo com Joel, o feijão será comercializado dentro do próprio município. “Vamos vender para estabelecimentos comerciais como restaurantes, pousadas, mercados e sacolão”, disse o agricultor que é da comunidade do Ribeirão.

Atualmente, a prefeitura de Casimiro de Abreu fornece gratuitamente máquinas para auxiliar o trabalho na área rural. “O trator ajuda a preparar o solo. A retroescavadeira, atua na limpeza de valas para escoar a água e na manutenção das estradas”, falou o secretário de Agricultura e Pesca, Ubirajara Pina.

Fonte PMCA

 

COMPARTILHAR