Procon Estadual abre investigação contra a Unimed Cabo Frio

Procon Estadual abre investigação contra a Unimed Cabo Frio
Procon Estadual abre investigação contra a Unimed Cabo Frio

Procon Estadual abre investigação contra a Unimed Cabo Frio

De acordo com denúncias, a operadora não tem respeitado prazos de atendimento e teria convênios com médicos sem o registro no CREMERJ

O Procon RJ abriu uma investigação contra a Unimed Cabo Frio Cooperativa de Trabalho Médico. A autarquia recebeu uma denúncia vinda do Ministério Público Estadual segundo a qual a operadora não tem respeitado os prazos para atendimento às demandas dos consumidores, como marcação de exames, cirurgias e consultas. Além disso, a denúncia também relata que, no guia de médicos credenciados, haveria especialistas em Patologia Clínica que não teriam o registro no Conselho Regional de Medicina (Cremerj).

{loadposition tague}

De acordo com os clientes da empresa, há apenas um laboratório conveniado para atender as demandas de Cabo Frio, Arraial do Cabo, São Pedro da Aldeia e Iguaba Grande. A situação, de acordo com o ato de abertura da investigação, configura descumprimento da oferta, uma vez que o serviço oferecido não é cumprido em condições adequadas.

A Unimed Cabo Frio Cooperativa de Trabalho Médico tem 15 dias úteis, contados a partir do recebimento da notificação, para prestar esclarecimentos. Caso o prazo não seja cumprido ou os argumentos da operadora não sejam aceitos pelo setor jurídico do Procon Estadual, será aberta uma representação contra a operadora, que poderá resultar na autuação e na aplicação de uma multa contra a empresa.

Fonte Procon

{loadposition facebook}

COMPARTILHAR