Petrobrás contrata empresa externa para recolher denúncias dentro da companhia

Petrobrás contrata empresa externa para recolher denúncias dentro da companhia
Petrobrás contrata empresa externa para recolher denúncias dentro da companhia

Petrobrás contrata empresa externa para recolher denúncias dentro da companhia

Se você é funcionário da Petrobrás, sorria, você certamente está sendo vigiado.

Além do mundo tecnológico em que vivemos, rodeados de câmeras de segurança nos observando a todo tempo, a estatal também conta agora com uma empresa externa responsável por receber denúncias relativas à companhia. A novidade foi anunciada oficialmente nesta segunda-feira(19) e deve começar a operar até o fim de novembro, mas o clima de patrulha permanente já incomoda dentro da empresa.

A decisão de contratar uma empresa para este serviço foi tomada como “parte do conjunto de medidas que a companhia está adotando com o objetivo de aprimorar e fortalecer sua governança”, segundo nota. A metodologia a ser utilizada é simples: qualquer pessoa pode encaminhar denúncias por telefone ou através do site da Petrobrás, que estará conectado diretamente à empresa contratada. São colegas vigiando colegas e colegas denunciando colegas.

{loadposition tague}

As denúncias oferecidas serão completamente anônimas, de acordo com a companhia, exceto em casos que envolvam questões comportamentais, como violência física e psicológica, além de assédio moral e sexual. Os denunciantes terão acesso a um formulário para preenchimento com informações que permitam a apuração da irregularidade, como a descrição dos fatos ocorridos, a unidade e o período em que aconteceram, assim como informações de pessoas ou empresas envolvidas. Também será possível encaminhar documentos e indicar testemunhas das irregularidades.

Qualquer semelhança com o macarthismo, período de intensa patrulha anticomunista, perseguição política e desrespeito aos direitos civis nos Estados Unidos que durou do fim da década de 1940 até meados da década de 1950, não é mera coincidência.

Quando em operação, o sistema irá criar um clima de incertezas e entreguismo entre colegas de trabalho que tem grandes chances de ser contraproducente.

Petronotícias

{loadposition facebook}

COMPARTILHAR