Outro Marx na vida de Lula

Karl

Karl Do Karl ele ouviu falar como ouviu as coisas das quais fala. Ouviu falar em “ética”, em  “moral”,  em “honesto” e tantas coisas outras que repete com convicção. Um Karl  muito enrolado, como  Lula sempre foi e é nas coisas que faz.

  Mas, do Ivan Cláudio ouviu falar agora já que decidiu “ir ver o que é”, como      comentou num discurso ao anunciar ter tomado conhecimento de que havia sido  acusado de “obstrução da justiça”. Ao ver, talvez exclame “deu zebra! ”.

 Tempos  ruins para Lula. Terá que pedir que o advogado australiano que fez uma  reclamação no Comitê de Direitos Humanos da ONU, representando-o, citando como  responsável pelo desrespeito aos seus direitos o juiz Sérgio Moro, mude para  procurador Ivan  Cláudio Marx. Isso vai obrigá-lo a gastar mais um pouco do que  arrecadou com suas  palestras.

 Embora o ministro Gilmar Mendes, do STF, tenha qualificado como “precipitada” a reclamação, não há volta. O australiano terá que escrever uma cartinha ao comitê pedindo “Esqueça a reclamação enviada e leve em consideração a anexa” em que dirá que Marx, não o Karl, mas o Ivan Cláudio, chamou Lula de “chefe de organização criminosa”. A partir daí entra na burocracia onuana.

Consta já haver cerca de 500 reclamações no comitê. A de Lula, a primeira, entrou no final da fila que será apreciada por volta de agosto de 2018. Quando isso acontecer, irá surgir a carta do australiano e a reclamação sobre o juiz Ivan Cláudio. Pronto: para tudo e essa reclamação entra no final da lista que, possivelmente, já terá outras 100 reclamações.

Em agosto de 2018 teremos novo presidente e Lula estará envolvido em outros processos, possivelmente como réu, o que não impedirá sua possível candidatura à presidência em 2017. E aí, se eleito, será criada uma quizumba de inimaginável proporção.

Enfim, Lula entrou no rodamoinho da Operação Lava Jato, e outras, e ficará mais enrolado do que Karl ficou quando tentou dar algum sentido aos argumentos relatados no seu livro O Capital.

São tantas as origens de dinheiro que entrou nos cofres do PT que, talvez, Lula seja capaz, para dar credibilidade às explicações que o partido tem dado, de afirmar que o PT recebeu dinheiro do próprio Marx, o Karl, como demonstra a foto que será apresentada como prova de sua afirmação.

Ernesto Lindgren
CIDADE ONLINE
02/08/2016

{loadposition facebook}

COMPARTILHAR