O Combate à Corrupção nas Prefeituras do Brasil

Leitura Obrigatória

Lançado pela Amigos Associados de Ribeirão Bonito – Amarribo, com o apoio do Instituto Ethos de Empresas e Responsabilidade Social e da Transparência Brasil, o livro “O Combate à Corrupção nas Prefeituras do Brasil” (Ateliê Editorial, 2003, 94 páginas), é leitura obrigatória para to­dos os interessados em acom­panhar a ad­ministração pú­bli­ca em suas cidades.

Escrito a 5 mãos (Antonino Marno Trevisan, Antonio Chizzotti, João Alberto Lanhez, José Chi­zzotti e Josmar Verillo) o livro é um verdadeiro guia para iden­tificar sinais de desvios de recursos nas prefeituras.

A obra foi inspirada na experiência vivida em Ribeirão Claro, onde a Amarribo, com o apoio do Ministério Público conseguiu provar as irregu­laridades cometidas, provocando a renúncia do prefeito e abertura de in­quéritos contra to­dos os envolvidos nos casos apurados.
O livro faz uma radiografia dos pontos de corrupção na máquina pública, sina­lizando as práticas mais comuns e mostrando como identificar os desvios e fazer as denúncias de forma correta.

O livro não é comercializado em livrarias. Os interessados devem encamainhar seus pedidos diretamente à Amarribo ( amarribo@cgmnet.com.br).

Reconhecendo a Corrupção
Mesmo que você não tenha acesso ao livro, pode fazer um exercício rápido para saber se seu município tem algum indício de corrupção. A obra indica 6 pontos que devem ser observados para saber se a prefeitura apresenta sintomas de irregularidades. São eles:
1. Histórico comprometedor da autoridade eleita e de seus auxiliares;
2. Falta de transparência nos atos administrativos do governante;
3. Ausência de controles administrativos e financeiros;
4. Subserviência do Legislativo e dos Conselhos Municipais;
5. Baixo nível de capacitação técnica dos colaboradores e ausência de treinamento de funcionários públicos;
6. Alheamento da Comunidade quando ao processo orçamentário.

 {loadposition facebook}

COMPARTILHAR