Filipe Toledo confirma favoritismo e vence etapa de Saquarema do Mundial de Surfe

Filipe Toledo é carregado pela galera após vencer em Saquarema | Foto Divulgação/WSL
O surfista brasileiro Filipe Toledo confirmou o favoritismo e venceu, nesta sexta-feira (18), a etapa de Saquarema do Mundial de Surfe. Na final ele venceu o australiano Wade Carmichael por 17.10 a 9.93. Filipinho empolgou a torcida brasileira desde a quarta fase, quando tirou uma nota 10 após mandar um aéreo perfeito.
“Isso é o Brasil, essa é nossa energia, esse é o sentimento… É emocionante! É bom demais voltar para casa e receber esse carinho da torcida. Sabe, é a última bateria… Você precisa ganhar. É sua última chance. É o que coloco na minha mente na final. É o grande show, é meu palco, minha paixão, é o que penso. Eu vou lá e tento fazer o meu melhor”, disse Filipinho após a vitória.
Filipe Toledo empolgou a torcida em Saquarema | Foto: Divulgação/WSL
LEIA TAMBÉM
Elite do surfe pode consolidar Saquarema em posição invejável no esporte mundial
Fundador do Museu do Surfe, Telmo Moraes se recupera de um AVC
Filipe Toledo vence em Saquarema | Foto: Gustavo Garcia
Toledo alcançou a segunda colocação no ranking geral deste ano após a vitória no Rio Pro, atrás apenas de Julian Wilson. Os brasileiros Ítalo Ferreira e Gabriel Medina estão em terceiro e quarto lugares, respectivamente. A próxima etapa do circuito Mundial de Surfe será em em Bali, na Indonésia, com início previsto para o dia 27 de maio.
Saquarema chegou ao ápice de sua vocação para o esporte ao receber, pela segunda vez em dois anos, a etapa brasileira da World Surf League (WSL), a elite mundial do surfe. A presença na Praia de Itaúna dos principais nomes do esporte atraiu turistas e surfistas de vários lugares e movimentou a economia local. Sem falar na transmissão ao vivo do evento para todo o mundo via TV e internet.
Filipinho comemorou coma galera | Foto: Gustavo Garcia
Com o crescimento acelerado do surfe nos últimos anos em todo o mundo, e consequentemente da estrutura do campeonato mundial, a dúvida que pairava no ano passado era se Saquarema teria condições de receber a etapa da WSL. O sucesso foi grande para os atletas e para o público. O bom campeonato realizado este ano pode consolidar a cidade em um posto invejável no esporte mundial.

Marco do surfe nacional

Toledo comemora após vencer em Saquarema | Foto: Gustavo Garcia
Conhecida como “Maracanã do Surfe” pelas ondas perfeitas e de força rara no Brasil, a cidade se confunde em sua história recente com a própria história do surfe brasileiro, com os primeiros registros ainda na década de 1960, a explosão em 70 e a internacionalização a partir dos anos 90 e 2000.
Foi em 2002 que Saquarema havia recebido, pela primeira e única vez, a elite do surfe mundial. Antes, na década anterior, já havia começado a receber a divisão de acesso. Mas, após 2002, somente em 2017 a cidade voltou a receber a primeira divisão.
COMPARTILHAR