E ai? A água em Iguaba está limpinha?

 

Estamos na terceira tentativa e nenhuma aprendeu da anterior. Até Junho passado já haviam sido gastos R$700 mil e nenhum resultado visível era percebido.

Assegurou o diretor da ONG Àgua Viva: “a água na lagoa vai ficar límpida e transparente”.

A proposta, nessa terceira tentativa, é dragar um buraco no Boqueirão, o canal que liga a laguna do Maracanã com a lagoa de Araruama.

Há de haver uma maneira de juntar todos os engenheiros envolvidos no empreendimento e levá-los até uma praia. Cada um entraria na água até cobrir o tornozelo, cavaria um buraco de 10 cm de profundidade e ficaria observando. Cada engenheiro escreveria um relatório sobre o que fez e observou. Um questionário facilitaria as respostas: 1) Entrou na água até cobrir o tornozelo? Sim _: não _. 2) Cavou um buraco com 10 cm de profundidade? Sim _ : não _. 3) A água cobriu o buraco? Sim _; não _. 4) As laterais do buraco começaram a se mover para o fundo do buraco? Sim _ não _. 5) Com a passagem do tempo o buraco desapareceu? Sim _; não _.

A resposta “não” em qualquer pergunta implicaria na demissão sumária do engenheiro.

Seu currículo seria examinado com a finalidade de verificar se completou alguma disciplina em hidráulica, Caso negatico o CREA seri notificado solicirando para que fosse inabilitado para atuar em projeto que exigisse conhecimento em hidráulina.

Ernesto Lindgren
CIDADEVONLINE
17/08/2017

COMPARTILHAR