Diretor de empresa farmacêutica é uma das vítimas em queda de helicóptero que voava para Cabo Frio

Marcelo Freitas, diretor da Especifarma, à direita na foto | Reprodução internet
O diretor da Especifarma, Marcelo Freitas, de 55 anos, é uma das vítimas da queda de um helicóptero nesta quarta-feira (9) no Rio de Janeiro. Ele foi socorrido para o Hospital Municipal Lourenço Jorge, assim como os outros dois passageiros, Hélio L. Gomes, de 45 anos, e Paulo Fernandes P. Seixas, de 55. O piloto, Murilo Rabelo, não resistiu aos ferimentos e morreu no local. O estado de saúde dos sobreviventes ainda não foi atualizado.
SAIBA MAIS: Helicóptero com destino a Cabo Frio cai no Rio; VÍDEO
A aeronave decolou no heliponto do Recreio dos Bandeirantes em direção ao Aeroporto Internacional de Cabo Frio, mas caiu no mar na praia da Barra da Tijuca.
A Especifarma atua com distribuição e comércio atacadista, importação e exportação de medicamentos e produtos hospitalares.
O acidente foi na altura do posto 4. Participaram do resgate guarda-vidas, mergulhadores e médicos do Grupamento Marítimo do Corpo de Bombeiros. Aeronaves e motos-aquáticas foram utilizadas na operação.
Imagens registradas instantes depois do acidente foram publicadas na página OTT (Onde Tem Tiroteio). Veja abaixo.
Autoridades de investigação de acidentes aéreos foram deslocadas para o local do acidente.