Casimiro de Abreu recebe Caravana Agroecológica e Cultural do Sudeste

Casimiro de Abreu recebe Caravana Agroecológica e Cultural do Sudeste
Casimiro de Abreu recebe Caravana Agroecológica e Cultural do Sudeste

Casimiro de Abreu recebe Caravana Agroecológica e Cultural do SudesteReuniões acontecem no município para finalizar o planejamento da ação(Claudio Pacheco)
Comboios vindos dos quatro estados vão reunir mais de 200 pessoas no município

Casimiro de Abreu foi o município escolhido para sediar a culminância da Caravana Agroecológica e Cultural do Projeto Comboio Sudeste, que acontece entre os dias 24 e 28 de novembro. Com o tema “Existe Agricultura Familiar no Rio de Janeiro: existe, resiste e alimenta”, a Caravana busca fortalecer e dar visibilidade à rede de iniciativas agroecológicas na região, promovendo o intercâmbio de experiências e interação cultural por onde passam.

O comitê organizador de Casimiro de Abreu se reuniu na última semana para definir os últimos detalhes da Caravana. Serão quatro rotas diferentes, partindo de diferentes cidades dos estados de São Paulo, Minas Gerais, Rio de Janeiro e Espírito Santo. No percurso, os caravaneiros passarão por experiências agroecológicas em toda a região.

Essas iniciativas distintas serão visitadas durante os dias 24 e 25. No dia 26, as quatro rotas se encontrarão em Casimiro de Abreu e permanecerão juntas até o encerramento da caravana no dia 28.

{loadposition tague}

Na manhã do dia 27 será feita a socialização dos participantes por meio das Instalações Pedagógicas com representações lúdicas que vão despertar sensações, resgatar o que viveram os caravaneiros e trazer à tona o debate e a reflexão sobre os conflitos e resistências encontradas nos territórios visitados. Durante a tarde, eles participarão de um seminário, que vai reunir pesquisadores, técnicos e agricultores familiares no Colégio Estadual Casimiro de Abreu. A partir das 20h30, a praça Feliciano Sodré será palco para diversas expressões culturais.

No dia 28, acontecerá um ato público, onde a proposta é o diálogo com o poder público e a sociedade. Fechando a programação, um almoço agroecológico será preparado com alimentos produzidos em Casimiro de Abreu e cidades da região.

No Rio de Janeiro, a Caravana é realizada em parceria com o Núcleo Interdisciplinar de Agroecologia da UFRRJ (NIA), pela Articulação de Agroecologia do Rio de Janeiro (AARJ) e parceiros da agroecologia no estado e região, e conta com o apoio da Prefeitura de Casimiro de Abreu.

Fonte PMCA

{loadposition facebook}

COMPARTILHAR