Simulação de salvamento altera rotina no Centro de Cabo Frio

Os bombeiros do 18º GBM realizaram uma atividade de simulação de acidente e salvamento na manhã desta terça-feira (12) no Centro de Cabo Frio. A Guarda Civil Municipal ordenou o trânsito no entorno da Praça Porto Rocha.
A atividade simulou um grave acidente ocasionado por excesso de velocidade. O cenário era de um capotamento com dois atropelamentos e um óbito. Na encenação, um carro teria feito a curva da Praça Porto Rocha em alta velocidade, perdendo o controle e capotando, com um dos passageiros sendo arremessado para fora do veículo.
No capotamento o carro ainda atropelou um pedestre e um ciclista. O passageiro arremessado morreu na hora. As duas vítimas atropeladas e os outros dois ocupantes do veículo foram resgatados na simulação.
A programação durou cerca de duas horas. Ao fim da atividade a via foi liberada. Para o comandante do 18º GBM, Coronel Fidalgo, atividades como essa são importantes para conscientizar a população sobre os riscos dos acidentes de trânsito.
“Operações como essa acontecem todo ano e são de suma importância pra mostrar a realidade pra população. As pessoas sempre acham que nunca vai acontecer com elas. Em 2017 foram 878 vítimas de acidentes de trânsito em Cabo Frio, o que dá uma média de quase 3 vítimas por dia. A consciência de toda a sociedade tem que mudar, para termos um trânsito mais seguro”, explica ele.
Em mais uma ação de conscientização no trânsito, no dia 24 de setembro será realizado um simpósio de prevenção de acidentes em Cabo Frio.
COMPARTILHAR